É correto lavar louça no sábado?

A guarda do sábado foi estabelecida por Deus na criação de nosso planeta (Gênesis 2:1-3). Uma das únicas relíquias que nos restaram de um mundo sem pecado (a outra é o matrimônio), foi estabelecido pelo Senhor como um memorial de Seu ato criativo (cf. Êxodo 20:8-1) e uma oportunidade à família humana de comungar com Ele. Em outras palavras, o Sábado é um momento especial que Jesus escolheu para que estivéssemos em íntima comunhão com Ele e com nossa família num período integral de vinte e quatro horas. Corretamente observado, proporciona bênçãos físicas, mentais (pesquisas demonstram que aqueles que guardam um dia da semana têm menor probabilidade de sofrer de stress) e espirituais.

O 7o Dia deve ser para nós um dia de deleite:

“Se desviares o pé de profanar o sábado e de cuidar dos teus próprios interesses no meu santo dia; se chamares ao sábado deleitoso e santo dia do SENHOR, digno de honra, e o honrares não seguindo os teus caminhos, não pretendendo fazer a tua própria vontade, nem falando palavras vãs, então, te deleitarás no SENHOR. Eu te farei cavalgar sobre os altos da terra e te sustentarei com a herança de Jacó, teu pai, porque a boca do SENHOR o disse”. (Isaías 58:13-14)

Isto porque neste período temos a oportunidade de adorar a Deus com maior intensidade, estando na presença de Jesus e lembrando de Seu ato amoroso em repartir Sua vida conosco ao nos criar e de Seu sacrifico sem igual para nos salvar.

Nas Escrituras Deus nos ensina o que não devemos fazer no Sábado (Êxodo 16:23; 20:10; Isaías 58:13-14; Neemias 10:31; 13:15-20, etc.) e o que podemos fazer neste dia (Levítico 26:2 – comparar com Lucas 4:16 – ir à igreja; Atos 17:2; Mt 12:12).

Entre as coisas que não se devem realizar no shabbath (sábado significa descanso), uma delas é o lavar a louça, conforme explicado pela irmã White:

“Recomendamos a todos que não lavem sua louça no sábado se for possível evitá-lo. Deus é desonrado por todo trabalho desnecessário efetuado no Seu santo dia. Não é incoerente, e, sim, apropriado, que a louça fique por lavar até o fim do sábado, se isto puder ser feito assim. Carta 104, 1901”[2][2].



Não se deve fazer com que a louça faça parte da rotina no dia do sábado; isto seria profanar o santo dia do Senhor. Certo é que pode haver ocasiões em que alguém possa ser pego de surpresa por alguma urgência; Deus entende isto. Mas tal não é desculpa para que “em todos os sábados haja situações de emergência...”.

Baseada nas Escrituras, a irmã Ellen orienta que é apropriado a louça ficar por lavar até o fim do sábado.

Deus também considera pecado (de maior gravidade até) impedir que os outros guardem o sábado corretamente. Alguns há que evitam trabalhar neste dia (como por exemplo lavar a louça) mas não permitem que seus empregados usufruam a bênção em santificar o sábado. Parece que tais pessoas não leram (ou não entenderam) o princípio enunciado em Êxodo 20:10:

“... não farás nenhum trabalho, nem tu, nem o teu filho, nem a tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o forasteiro das tuas portas para dentro” (Êxodo 20:10 grifos acrescidos)

Nem mesmo um animal deveria trabalhar no sábado! Quanto mais um ser humano!

Separe tempo para Deus; não permita que pequenas coisas atrapalhem os momentos maravilhosos de comunhão com Ele.

Se atendermos ao que “Diz o Senhor”, só teremos a ganhar:

“Bem-aventurado o homem que faz isto, e o filho do homem que nisto se firma, que se guarda de profanar o sábado e guarda a sua mão de cometer algum mal”. (Isaías 56:2)

Que todas as donas de casa possam fazer como Maria, que escolheu a melhor parte: estar aos pés de Jesus (cf. Lucas 10:38-42).
[1][1] Por Leandro S. de Quadros.
[2][2] Mensagens Escolhidas, vol. 3, p. 258.

Escola Bíblica
Caixa Postal 89690 - CEP 28610-972 - Nova Friburgo, RJ.
E-mail: escolabiblica@sisac.org.br

assine o feed

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Créditos

100% Adventista

Site melhor visualizado no Google Chrome ou no Mozilla Firefox,
Desenvolvido por Bruno, membro da IASD Central do Rio de Janeiro.

Autores:

Clayson Albino

Daniel Santos

Editor Geral:

Bruno Vieira

Todos os Direitos Reservados © 2008 - 2013

Área Restrita

Usuário:
@comunidadeadventista.com
Senha:
Não consegue acessar a sua conta?

  © Comunidade Adventista - 2008 - 2013 | Desenvolvido por Bruno Vieira