COMO TUDO COMEÇOU ?

A Igreja Adventista do Sétimo Dia é uma Igreja de origem Evengélica e Profética, pois como aconteceu com a Igreja Cristã primitiva que surgiu após a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém e depois de um grande desapontamento, que deu forças e poder aos fiéis para que não desfalecessem, mas levassem avante a Bandeira do advento e de um estabelecimento de um reino futuro de justiça e felicidade eterna, assim foi a trajetória da Igreja Adventista do Sétimo Dia.
Até duas mil e trezentas tardes e manhãs e o Santuário será purificado - Dan.8:14 - a maior profecia bíblica, onde dentro de si dar-se-iam os acontecimento dos versos 9 a 13 e cap. 9 versos 21 a 27. O ponto de partida está em Dan. 9:25, ver Esdras 1:1-4; 6:1-12; 7:1-26, 8. Os historiadores apontamo ano 457AC para a saída do decreto de Artaxerxes, que dalí tinham 70 semanas determinadas sobre o seu povo (Israel), restando 810 dias/anos (profecia, ver Números e Ezequiel) para a purificação do Santuário, Dan. 8:14 e Heb. 9:23.
Guilherme Miller, nasceu em 1782 em Massachussets - EU. Em 1812 chegou a capitão de milícia em seu Estado. A leitura das Sagradas Escrituras o convenceu a tornar-se cristão e ele se uniu à Igreja Batista, a qual lhe deu credencial de pregador. Miller pertenceu à Igreja Batista até à sua morte. Como estudioso das Escrituras, tinha predileção pelas profecias e foi grandemente despertado pelo texto de Danial 8:14. Entendeu que essa profecia apontava para o 2.º advento de Cristo e foi essa a temática daqueles dias que permitia a mobilização de religiosos e não religiosos que se contagiavam com a vinda de Jesus nos seus dias e o grupo definiu o dia para o grande evento como sendo 22 de Outubro de 1844 - o término da profecia.
Cristo naõ voltou naquela oprtunidade e todos os que criam na data marcada sofreram um tremendo DESAPONTAMENTO.Por que Cristo permitiu o desapontamento dos discípulos - Lc. 24:21 e agora esse desapontamento Ap.10:9-10 ? Ou por que tomaria parte num engano tão premeditado? Jesus já havia advertido os discípulos Mt. 16:21, 17:22-23 e todos nós outros Mt. 24:36. Havia uma incompreensão, então Cristo permitiu a grande publicidade de Sua entrada triunfal em Jerusalém (At. 1:6), para que homens culpados pudessem aprender, crer e viver; para despertar, permitir que a Sua Palavra seja estudada e cuidadosamente examinada e reexaminada, pois Cristo apareceu no caminho de Emaus, para abrir-lhes os olhos e fê-los entender e logo capacitados pela graça de Deus, fundaram um novo movimento religioso, a Igreja Cristã. Miller errou a data da vinda de Jesus como os outros discípulos também erraram a data da vinda de Jesus como rei, pois pensavam que seria no Seu primeiro advento.
Cristo apareceu no caminho de Emaús não aos principais discípulos após Sua ressurreição para revelar-lhea verdade das escrituras (como foi importante a manifestação de Cristo após o desapontamento?), mas apareceu a dois discípulos, que não faziam parte dos doze. Assim, também Cristo apareceu após o desapontamento de 22 de outubro de 1844, não aos discípulos líderes do movimento milerita, mas apareceu ao quase desconhecido Hirão Edson, que em companhia de um amigo (Crozier) suguia num campo de milho no dia 23 de outubro, desapontado, e Jesus revelou a Hirão Edson a verdade do Santuário: "Detive-me em meio ao campo. O céu parecia abrir-se à vista e vi distinta e claramente que em lugar de nosso Sumo Sacerdote sair do Santuário Celestial para vir à Terra...Ele pela 1.ª vez entrava nesse dia no segundo compartimento desse Santuário, e que Ele tinha uma abra para realizar no Santíssimo antes de vir à terra". HA pag. 50. Cristo revelou-lhes as explicações coerentes de frases fundamentais de Daniel 7, Hebreus 8 e 9, Apocalípse 10 e 11(1), que os mileritas até então tinham interpretado mal.
O novo discernimento de Edson foi estudado e reestudado. A partir disso, no devido tempo, surgiu um grande e novo mevimento religioso mundial a IGREJA ADVENTISTA DO SÉTIMO DIA Seus líderes principais foram os pregadores mileritas: José Bates da Igreja Congregacional e Tiago White da Igreja Cristã.
Suas principais doutrinas: Volta de Cristo - Santuário - Sábado - Espírito de Profecia DATAS HISTÓRICAS: 16 de março de 1844, o pastor metodista Frederico Wheeler, de New Hampshire, tornou-se o primeiro ministo do movimento advnetista observador do Sábado na América do Norte, após ouvir essa boa nova da Baptista do Sétimo Dia, Raquel Oakes Preston; Tomás M. Preble, Pr. Batista da Comunhão Livre, foi o segundo a guardar o Sábado em agosto de 1844. 23 de outubro de 1844, Hirão Edson recebe luz sobre a purificação do Santuário Celestial. Dezembro de 1844, Ellen G. Harmon (depois White) teve sua primeira visão. 6 de março de 1847 a 3 de abril de 1847, Ellen White teve suas primeiras vizões sobre o Sábado.
Agosto de 1852 surge o 1.º periódico dedicado à Escola Sabatina, em Rochestes, New York, o n.º 1 do "Youth's Instructor". 1853, foi organizada a 1.ª Escola Sabatina em Rochester, N. Y. 1859, foi adotada a doação sistemática baseada no dízimo, numa reunião em Bettle Creek, Michigan de 3 a 6 de junho. 1.º de outubro de 1860, foi adotado o nome de "ADVENTISTAS DO SÉTIMO DIA" como o nome da denominação. Até então a mensagem e a obra eram designadas palas palavras: "Do Segundo Advento". 05 de outubro de 1861, foi organizada a nossa 1.ª Associação. A do Michigan. 21 de maio de 1863, organizou-se a Associação Geral dos Adventistas do Sétimo Dia. 15 de dezembro de 1874, foi enviado o 1.º Missionário a um campo estrangeiro, o Pr. J. N. Andrews, que saiu de Boston para a Europa. 1879, deu entrada no Brasil, através do porto do Itajaí - Santa Catarina, o 1.º pacote de literatura adventista com 10 exemplares do periódico " Voz da Verdade". Onde um professor por nome Brusque resolveu pagar e distribuir toda publicação adventista que chegava em sua cidade - 1884 voluntariamente. Não era adventista e inclusive era alcoólatra. 1887, Guilherme Belz, residente em Gaspar Alto - Santa Catarina, deparou-se com o livro sobre Daniel, de Uriah Smitch e em 1890 começou a guardar o Sábado juntamente com família e vizinhos.
Foram os primeiros no Brasil. 1893, chega ao Brasil o 1.º Missionário designado peça Associação Geral, desembarcando em São Paulo o Colportor Albert B. Stauffer. 1894, é organizada a 1.ª União Adventista no mundo - União Australiana. Abril de 1895, o Pr. Francisco H. Westphal realizou o 1.º Batismo de conversos adventistas no Brasil, em Piracicaba - são Paulo. Fevereiro de 1896, foi organizada em Gaspar Alto, Santa Catarina, a 1.ª Igreja Adventista do Sétimo Dia no Brasil, sob a supervisão do Pr. Huldreich Graf. 1913, adotou-se a organização por Divisões 1915, em Junho - falecimento da irmã E. G. White. 1916, Organiza-se a DIVISÃO SUL AMERICANA. 1931, o missionário Leo Halliwell, com a lancha LUZEIRO I, inicia o grande trabalho médico-missionário no Amazonas. Em 1936, organiza-se a União Norte Brasileira.
Em 1938, foi fundada a Missão Costa-Norte, pelo saudoso Pr. Léo Halliwell, com o total de 29 membros em todo o território do Maranhão, Piaui e Ceará. A cidade de Fortaleza foi escolhida como sede da Missão, e foi assim desde a chegada de um jovem casal, Violeta e Roger Wilcox, em 1938. Foram os 1.ºs obreiros da Missão. Ele como presidente, e ela como tesoureira. Posteriormente chegou para fazer parte da administração o Pr. Clodomiro Fonseca, hoje jubilado. O Pr. Gustavo Storch foi um dos pioneiros da obra adventista na Missão Costa-Norte, sendo o evangelista de mais êxito da história da União Norte Brasileira. Milhares de pessoas foram preparadas para o batismo durante o seu ministério. Enfrentou muita oposição e ameaças de religiosos, tendo algumas vezes sido protegido pela polícia. ESTA Missão, inicialmente composta de um pequeno grupo, foi crescendo com a ajuda de Deus e esforços abnegado de ministros e membros e hoje há uma luz brilhando em toda a extensão de seu território, que atualmente está subdividido: Missão Costa-Norte (Ceará e Piaui) e Missão Maranhense ( somente o Maranhão).
Em 1951, Inicia-se a 1.ª Igreja Adventista de São Luís - Igreja Central de São Luís. Em 1969, Surge a 2.ª Igreja Adventista em São Luís - a Igreja do João Paulo Em 1980, foi fundada a Missão Amazônia Ocidental, que hoje tornou-se a 1.ª Associação da União Norte Brasileira (1991) Em 1981, suge a 3.ª Igreja Adventista de São Luís - a Igreja Adventista do Monte Castelo ( veja sua história no início desta página). Em 1988, foi fundada a Missão Maranhense, que hoje conta com aproximadamente 70 mil membros, 27 distritos e mais de 500 igrejas e grupos. Os adventistas do Sétimo Dia crêem que foram chamados para proclamar a mensagem final de Deus para este mundo. Sacrificaram-se e labutaram em grande medida durante os anos, e Deus evidentemente os tem abençoado com muitos sinais da divina providência e milagres da Sua graça. Mas o grande milagre para o qual a Sua Igreja foi chamada à existência, o Segundo Advento de Cristo, ainda está por vir. Que a presente geração de crentes aceite a Jesus inteiramente em sua vida, e então, com seus lábios ardentes, e a vinda resplandecendo em Sua glória, avancem à mais remota pessoa sobre a terra. Anunciem eles rapidamente ao mundo para que Jesus Cristo finalmente está voltando.
Se você desejar algo mais sobre nossa história ou sobre a bíblia entre em contato.

assine o feed

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Créditos

100% Adventista

Site melhor visualizado no Google Chrome ou no Mozilla Firefox,
Desenvolvido por Bruno, membro da IASD Central do Rio de Janeiro.

Autores:

Clayson Albino

Daniel Santos

Editor Geral:

Bruno Vieira

Todos os Direitos Reservados © 2008 - 2013

Área Restrita

Usuário:
@comunidadeadventista.com
Senha:
Não consegue acessar a sua conta?

  © Comunidade Adventista - 2008 - 2013 | Desenvolvido por Bruno Vieira