A Fome e a Miséria na África

Hoje em dia, a situação nos continentes muito pobres, como a África, não anda muito boa.

"Este, em largos traços, o retrato da fome e da miséria no mundo em nossa época, o Século do Juízo. Um sofrimento horrível, que atinge diariamente milhões e milhões de pessoas e que, no entanto, foi acarretado por elas mesmas. Esses acontecimentos terríveis, assim como tantos outros, deveriam ser encarados pela parte da humanidade ainda não atingida por eles como avisos e alertas gravíssimos, para que volte, ainda em tempo, a viver de acordo com as imutáveis e inflexíveis Leis da Criação." (http://www.library.com.br/Filosofia/misriae.htm)


"Se a produção agrícola mundial fosse repartida em partes iguais, não haveria fome - a disponibilidade atual é de 2800 kcal por pessoa. As contas, porém, não se fazem assim. Basta ver que 80 por cento das crianças com fome em África vivem em países onde há excedentes alimentares. Ou que 21 por cento dos alimentos produzidos têm como destino a alimentação animal. Em vários países de África, um terço dos cereais cultivados não faz pão - serve para a engorda de animais que na altura certa são exportados para os países ricos. Amartya Sen, o indiano que foi Prémio Nobel da Economia, escreveu que a fome não ataca as sociedades livres." (http://adventistasdemaringa.blogspot.com/2008/06/diga-no-fome-e-misria.html)

assine o feed

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Créditos

100% Adventista

Site melhor visualizado no Google Chrome ou no Mozilla Firefox,
Desenvolvido por Bruno, membro da IASD Central do Rio de Janeiro.

Autores:

Clayson Albino

Daniel Santos

Editor Geral:

Bruno Vieira

Todos os Direitos Reservados © 2008 - 2013

Área Restrita

Usuário:
@comunidadeadventista.com
Senha:
Não consegue acessar a sua conta?

  © Comunidade Adventista - 2008 - 2013 | Desenvolvido por Bruno Vieira