O Jardim do Éden

Deus cria o homem do pó da terra, lhe dá uma alma, respirando vida nele, e o coloca em um jardim bonito, para onde especialmente é trazido. No jardim todos os tipos de árvores estão com fruta que provê comida para o homem. Deus entende que o homem não deveria estar só, e provem uma companheira para ele. Fora do pó, Deus cria animais, pássaros, e criaturas, todo viventes, mas nenhum é de acordo para ser um parceiro satisfatório para o homem. Deus então coloca o homem em um sono profundo, leva-lhe uma das costelas, e daí cria uma mulher. O Adão e Eva, como o homem e a mulher são chamados, não está envergonhado, apesar de desnudo, e parece não ter nenhuma atração física um para com o outro. Entre as árvores do jardim, há uma conhecida como a árvore do conhecimento de bem e mal, e são ordenados, o Adão e Eva não comer de sua fruta ou eles morrerão. Porém, a Serpente convence Eva de que eles não morrerão, mas simplesmente se tornarão como Deuses. Eva come da fruta e dá a Adão que faz o mesmo. Súbito eles percebem que eles estão desnudos e se cobrem com folhas de figo – suas partes. Eles também tentam esconder de Deus, mas quando Ele descobre a desobediência deles, e que recentemente atingiram o conhecimento, os expulsa do Jardim do Eden, e os condena a uma vida de trabalho físico, dor, duelo e finalmente morte, isto... Quando eles voltarão ao pó de onde sairam. A História do Jardim do Eden coloca o Adão e Eva em um estado de inocência da qual eles tem de escapar – aparentemente - antes que possam crescer sem sabedoria e sem conhecimento, e aí começa a procriação do gênero humano.

assine o feed

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Créditos

100% Adventista

Site melhor visualizado no Google Chrome ou no Mozilla Firefox,
Desenvolvido por Bruno, membro da IASD Central do Rio de Janeiro.

Autores:

Clayson Albino

Daniel Santos

Editor Geral:

Bruno Vieira

Todos os Direitos Reservados © 2008 - 2013

Área Restrita

Usuário:
@comunidadeadventista.com
Senha:
Não consegue acessar a sua conta?

  © Comunidade Adventista - 2008 - 2013 | Desenvolvido por Bruno Vieira