Comentário da Lição - Gilson Nery - Lição 5

Lição 05. Primeiro trimestre. 24 a 31 / 01 / 009
Comentários de Gilson Nery
Esc. Sabatina.


O Espírito Santo é o Agente autor da inspiração dos profetas que escreveram os livros e cartas canônicas da Bíblia Sagrada, assim como muitos outros escritores não canônicos que, também, escreveram inspirados por Este Mesmo Espírito. Exemplos de escritores inspirados que não escreveram no Cânon bíblico:

Abraão. Gen. 20:7.
O profeta Natã . I Cron. 25:28.
Gade, o vidente. I Cron. 29:29.
O profeta Aias. II Cron. 9:29.
Ido, o vidente. II Cron. 9:29.
Semaias, o profeta. II Cron. 12:15.
Um profeta da época de Josafá, não idenfiticado. I Reis 22:7 e8.
50 profetas da época do profeta Elias. II Reis 2:7.
Elizeu o profeta.
O profeta Amitai. II Cron. 14:25.
Um profeta, não identificado, da época de Asa. II Cron. 15:8.
Um profeta não identificado, da época de Amazias. II Cron. 25:15.
O profeta Odede, da época de Acaz. II Cron. 28:9.
70 profetas da época de Moisés. Num. 11:25-29.
Um profeta, não identificado da época dos juizes. Jz. 6:8.
Profetas na época de Samuel. I Sam. 10:5,10,11;19:20-24.
Um profeta, não identificado, na época de Jeroboão. I Reis 13:12.
O profeta Jeú. I Reis 16:7.
O profeta Elias.
Um profeta não identificado na época de Acabe. I Reis 20:13.
Um profeta não identificado na época de Josafá. I Reis 22:7,8.
Um profeta não identificado na época de Amazias.
100 profetas, na época de Acabe. I Reis. 18:4.
João Batista.
Judas. At. 15:32.
Silas. At. 15:32.
Alguns profetas. At. 11:27.
Profetas. At. 13:1.
Ágabo. At. 21:10.
Total aprox. 250 profetas.

Profetizas:

Míriã. Exd. 15:20.
Débora. Jz. 4:4.
Hulda. II Reis 22:14; II Cron. 34:22.
A esposa do profeta Isaias ( ? ). Isa. 8:3.
Ana. Lc. 2:36.
4 profetizas, filhas de Filipe. At. 21:8 e 9.
Total: 9 profetizas; não escreveram no Cânon; nem se sabe se escreveram alguma coisas.
Segundo esta extensa relação de profetas, mais de 250 profetas, a grande maioria, não escreveu no Cânon bíblico, porém, suas mensagens verbais ou escritas, foram naturalmente e obviamente, dadas por inspiração divina do Espírito Santo. Foi a providencia Deste Mesmo Espírito que selecionou os escritos e os profetas que deveriam reger o povo de Deus através dos séculos da história, esta norma direcionou o povo de Deus a partir de Moisés em sua forma escrita ( antes disso, as mensagens eram comunicadas de forma verbal )e, foi a partir de Esdras e Neemias, que o Cânon do Velho Testamento ficou completo, e este foi a Bíblia usada por Cristo e Seus apóstolos e discípulos em geral durante os primeiros séculos da era cristã, e , foi somente pelos idos de 393 a 397 d.C., nos Concílios de Hipona e de Cartago ( África ), ou seja, no período da igreja de Ismirna e Pergano ( 323 a 538 d.C. ), mais particularmente, no período de Ismirna adentrando período de Pérgano, quando a apostasia geral da igreja e o inicio da supremacia papal, ainda não se tinha consumado totalmente, que esta igreja, foi guiada por Deus na formação deste Cânon bíblico do Novo Testamento, determinando depois de longos debates, que livros deveriam ser rejeitados e que livros deveriam ser recebidos.

Verso para memorizar: Toda Escritura é, ou, toda Escritura divinamente inspirada é...? Ver traduções do padre Figueiredo; TEB ( tradução ecumênica brasileira ) e Padre Matos Soares; a frase, toda Escritura, é restrita as Escrituras do Velho Testamento, porque, como o exposto acima, as Escrituras do Novo Testamento, somente ficaram canonizadas e passaram a fazer parte deste compêndio de fé, mais de 300 anos após II Tim. 3:16, a não ser que admitamos que Paulo estivesse focalizando o futuro quando esta Escritura estaria canonizada por inteira abrangendo os livros e apostilas do Novo Testamento. Raciocínio pouco provável, mas não totalmente rejeitável.

Parte de domingo. Revelação – Inspiração.

Perg. 01 – Homens santos inspirados pelo Espírito Santo, ou seja, homens santificados pelo Espírito Santo e inspirados por Este Mesmo Espírito; Note: estes homens foram inspirados, não as suas palavras.

Parte de segunda feira. Inspiração verbal ou do pensamento ?

Perg. 02 – Mesmo em se tratando de um parecer pessoal, quando este é registrado em sua forma escrita, no Cânon bíblico, é guiado pelo Espírito do Senhor, segundo este texto de Paulo; mesmo não sendo um mandamento do Senhor, ele é um parecer santificado de alguém que tem o Espírito do Senhor. É diferente de uma mensagem particular e pessoal dirigida a uma pessoa em particular como ocorreu com o rei Davi e o parecer pessoal do profeta Natã. Ver e comparar com II Sam. 7:2-13;I Reis. 8:17-18;I Cron. 22:7-10. Em uma mensagem assim, o profeta pode expressar sua opinião particular e esta pode estar totalmente ao contrário da vontade direta do Senhor, mas não é o mesmo quando esta é dirigida a igreja e é adicionada no Cânon bíblico, neste caso existe uma diferença, a mensagem tem aprovação do Senhor para aquelas circunstâncias locais e, em muitos casos, tem abrangência geral para todas as épocas e lugares, cabe ao pesquisador, em uma pesquisa acurada e ajudada pelo Espírito Santo, definir as questões.

Parte de terça feira. Visões e fenômenos físicos.

Perg. 03 – Uma criatura glorificada, naturalmente, é um ser glorioso e irradia e reflete a luz da presença de Deus, esta irradiação e esta glória não é suportável por seres humanos pecadores e não glorificados, daí o efeito negativo sobre estes, quando se apresentam pessoalmente e em sua glória. Esta é a razão porque Deus morou conosco Pessoalmente, envolvido pelo invólucro humano que adquiriu na encarnação. São duas as principais razões pelas quais Deus em Sua misericórdia, fechou os nossos olhos para não vermos estes seres gloriosos:
1 – A sua glória afeta a nossa saúde e pode até causar a morte.
2 – Se fosse possível ter acesso irrestrito aos seres celestiais, nestas circunstâncias atuais em que nos encontramos, a nossa tendência natural seria descentralizar a Pessoa de Deus em nossa vida, e centralizar estes seres celestiais; comp.c/ Apc. 19:10 e 21:8. Note, neste incidente, que mesmo João, um homem santo de Deus e considerado o discípulo e apóstolo amado e amigo intimo de Cristo, foi tentado a centralizar a Pessoa do anjo, ao vê-lo fisicamente e em pessoa, e, isso, certamente ocorreria com todos nós caso pudéssemos ver estes seres celestiais a nossa volta.

Parte de quarta feira. Inspiração e assistentes literários.

Perg. 04 – Devemos ter em mente que os profetas e escritores bíblicos eram, também, inspirados e dirigidos pelo Espírito Santo ao escolherem os seus assistentes literários, e, estes ao escreverem as palavras destes profetas, o faziam, guiados pelo mesmo Espírito que inspirava os profetas; este raciocínio é admissível porque foi o Próprio Deus que disse que vala sobre a Sua Palavra; ver Jr. 1:12 e, nós aceitamos este fato pela fé.

Parte de quinta feira. Inspiração e o livro de Lucas.

Perg. 05. O dr. Lucas também foi inspirado ao escolher informantes sobre os fatos históricos da vida de Cristo e, foi inspirado, também, ao escrevê-los, assim é que, a nossa fé fica estabelecida firmemente na Divindade e não na humanidade, mesmo quando o material literário chegou ao escritor sacro através de informantes humanos não inspirados pelo Espírito de Deus.
Pág. 62 – Os homens foram inspirados, não as suas palavras, mas, ao escolherem as palavras para escreverem, eles foram ajudados nesta escolha, embora não o fizessem por inspiração divina; a mensagem é divina, perfeita e infalível, não as palavras escolhidas por estes homens de Deus.
Pág. 63 – Revelações pessoais, como encarar.

Com amor e muita prudência devemos esclarecer aos portadores destas revelações, que Deus pode revelar a alguém uma mensagem de ordem pessoal e particular, mas as revelações que devem serem transmitidas a igreja, estão restritas aos Seus servos os profetas, e estes somente devem serem aceitos como tais na igreja, quando aprovados pela igreja em associação geral ao examinarem todas as suas credenciais verificando se batem com a lei e com o testemunho dos demais profetas do Cânon bíblico, ou, de revelações não canônicas dadas por inspiração divina.
Copias e recópias, podemos confiar? A melhor resposta a esta pergunta está em Jr. 1:12. Note o seguinte: Erros certamente existem, mas não no que diz respeito ao conteúdo da mensagem da Palavra de Deus no que tenha que ver com a nossa vida eterna.
Pág. 65 – Fazer a Composição, profecias Messiânicas com os fatos históricos relacionados com a Pessoa de Jesus Cristo e, isso nos levará ao conhecimento que significa vida eterna ( João 17:3 ), e, vida eterna já no presente com convicção e fé inabalável.
Pág. 65, em transformação, dificuldades para entender. Veja a fórmula: Tiago 1:5;Prv. 2:3-5;8:17;João 16:13, e, em segundo plano, a ajuda da igreja. Existem assuntos não revelados que devem ser aceitos apenas pela fé. Dt. 29:29.


Que sejamos bem nutridos e fortalecidos pela inspiração do Espírito Santo através de Sua Palavra escrita. Amém!

Por Gilson Nery B. Costa. Espírito Santo do Pinhal.

assine o feed

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Créditos

100% Adventista

Site melhor visualizado no Google Chrome ou no Mozilla Firefox,
Desenvolvido por Bruno, membro da IASD Central do Rio de Janeiro.

Autores:

Clayson Albino

Daniel Santos

Editor Geral:

Bruno Vieira

Todos os Direitos Reservados © 2008 - 2013

Área Restrita

Usuário:
@comunidadeadventista.com
Senha:
Não consegue acessar a sua conta?

  © Comunidade Adventista - 2008 - 2013 | Desenvolvido por Bruno Vieira