Comentário da Lição - Lição 12

Lição 12. Primeiro trimestre. 14 a 21 / 03 / 009
Comentários de Gilson Nery
Esc. Sabatina.

As bênçãos do dom profético

Como uma dádiva do Espírito Santo à igreja de Cristo, o dom de profecia é, em si mesmo, uma bênção, ele é uma bênção que trás consigo, muitas outras bênçãos; o Espírito Santo, Autor, Criador e Mantenedor deste dom profético na igreja, guia esta igreja em todos os seus departamentos, livra a igreja das ciladas do inimigo e fortalece a fé do povo de Deus quando posto a provas, através da jornada neste deserto em demanda da Cidade Eterna. Precisamos visualizar em cada solução de problemas, em cada saída de dificuldades, em cada saída de emaranhados e perigos administrativos pelos quais a igreja tem sofrido em sua história, não o fator humano ou a presença humana, mas sim, a presença e os fatores divinos e presença do Vigário de Cristo em Sua igreja, os Espírito Santo e Seus dons espirituais, Este Espírito deve crescer em nosso meio em toda a Sua plenitude e Seus dons espirituais, os demais fatores humanos, devem ir diminuindo cada vez mais. Precisamos fortalecer e centralizar sempre a Pessoa Deste Espírito e as bênçãos do Seu dom profético, e, nunca, os Seus profetas, nem mesmo o mais privilegiado profeta da história. João 3:30; note: As bênçãos do dom profético, e, não as bênçãos do profeta, é que deve ser destacado.

Verso para memorizar: Note: Certamente o Senhor Deus; Etc.! O querer e o efetuar não são do profeta mas de Deus, o profeta é apenas o canal da revelação divina, ou seja, dos segredos de Deus que são os segredos das bênçãos da salvação, coisas de amor da Divindade em Seu plano Eterno de redenção para toda a humanidade, para a Sua igreja e, particularmente, para cada membro desta igreja; Deus tem o Seu segredo surpresa de bênçãos para cada membro fiel de sua igreja e, em sua maioria, este segredo já foi revelado por Seus profetas, mas existem os segredos íntimos individuais e muito pessoais, entre Deus e Seus amigos, segredos de amor e bênçãos que nem mesmo os Seus profetas são suficientemente competentes para intermediarem, somente o Espírito Santo tem esta liberdade, e Ele, em virtude da Cruz de Cristo e Seu Santuário Celestial, Se interpõe diretamente entre a alma de Seus amados e Cristo Jesus, e isto é válido, também, para os Seus profetas, eles são tão carentes quanto nós, neste aspecto. “Certamente, o Senhor Deus!” “Incertamente,” o ser humano. Etc. Rom. 8:26.
Pág. 146, parág. 02 – Não esqueçamos nunca que o Espírito de Profecia, propriamente dito, sempre existiu e existe ainda, embutido no Cânon da Bíblia Sagrada, ela própria é uma produção Deste dom profético ( II Pd. 1:21 ), e que, se a Bíblia tivesse sido estudada como deveria ter sido, a revelação adicional, não canônica, não teriam sido necessária. Veja TS,2, 282; Meditação Mat. Do Espírito de Profecia, de 1959, pág. 295; note as Suas Palavras: “Se tivésseis feito da Palavra de Deus o objeto de vossos estudos, com o propósito de atingir o padrão bíblico e a perfeição cristã, não necessitaríeis os testemunhos. È porque negligenciastes familiarizarmos com o livro inspirado de Deus, que Ele procurou chegar até vós por meio de testemunhos simples e diretos... .” Não devemos nos esquecer que a igreja Adventista do Sétimo Dia, em seus fundamentos doutrinários vitais e normativos de conduta e fé, nunca esteve fundamentada em visões ou mensagens do Espírito de Profecia, além do que já se encontra no Cânon bíblico. ( I Cor. 4:6 ), e, isto significa que, mesmo sem estas revelações adicionais, esta igreja estaria inabalável hoje, se tivesse feito da Palavra de Deus o objeto de seus estudos com o propósito de atingir o padrão bíblico e perfeição cristã, conforme palavras citadas acima. É preciso nos conscientizar que hoje, mesmo com toda esta bagagem de revelações adicionais produzida por inspiração divina, mesmo assim, veja a situação espiritual desta igreja nas palavras do Espírito de Profecia: “Encho-me de tristeza quando penso em nosso condição como um povo. O Senhor não nos cerrou o Céu, mas nosso próprio procedimento de constante apostasia nos separou de Deus. O orgulho, a cobiça e o amor do mundo tem habitado no coração, sem temor de ser banidos ou condenados. Pecados graves e presunçosos tem habitado entre nós. E no entanto, a opinião geral é que a igreja está florescendo, e que a paz e prosperidade espiritual se encontra em todas as suas fronteiras. A igreja deixou de seguir a Cristo Seu Guia, e está constantemente retrocedendo rumo ao Egito. Todavia, poucos ficam alarmados ou atônitos com sua falta de poder espiritual. Dúvidas e mesmo descrença dos testemunhos do Espírito de Deus estão levedando nossas igrejas por toda parte. Satanás assim o deseja.” Serviço Cristão, pág. 38:5 e 39:1.”...Os princípios celestes que distinguem os que são um com Cristo dos que se unem ao mundo, tornaram-se quase indistintos. Os professos seguidores de Cristo não são mais um povo separado e peculiar. A linha de demarcação é imperceptível. O povo se subordinando ao mundo, às suas práticas, costumes e egoísmo. A igreja passou para o mundo, transgredindo a lei, quando o mundo devia passar para a igreja na obediência da mesma. Diariamente a igreja se está convertendo ao mundo.” Idem, pág. 45:1. Sem comentários.
Temos olhado para a estrutura administrativa da igreja, seus departamentos e suas instituições de ensinos e medico missionários em franco “progresso;” embora tudo isso seja muito importante, sem a espiritualidade e a santificação da igreja, exigidos pela Bíblia Sagrada, seremos como o metal que soa e o sino que retine ( I Cor. 13:1 ); Graças a Deus temos a promessa de uma intervenção divina direta na igreja, separando a palha do trigo e os meios grãos dos grãos inteiros no último peneiramento, quando multidões serão lançadas fora da igreja. Veja para este particular, TS, 1, 478:3 e 479:1; tudo isto, note bem, apesar das bênçãos do dom profético contido na Bíblia Sagrada e revelações adicionais do Espírito de Profecia à parte do Cânon bíblico, e, isto significa, também, que Deus terá que agir Pessoalmente e diretamente mesmo tendo esta igreja todos estes privilégios e bênçãos do dom profético; como igreja estamos pregando a mensagem do primeiro, segundo e terceiro anjo, mas com anos de atraso, já era para termos terminado a obra e estarmos nas Mansões da Cidade Eterna. Como indivíduos e como pessoas, mamais chegaremos lá, mesmo com toda esta bagagem de bênçãos e revelações, se não vivermos de acordo com estas revelações, mas o remanescente final, esta mesma igreja expurgada e purificada, chegará lá; que estejamos entre este remanescente e fiel. Amém!

Parte de domingo. Missão.

Perg. 01 – Resposta: Porque Deus amou Israel e a todas as Nações do mundo, ( João 3:16); com a eleição de Israel Deus visava a salvação de todos os povos do mundo, este povo era especial porque tinha esta missão especial e, também, porque Deus tinha um compromisso com os seus ancestrais que lhes tinham sido fiéis e, porque Deus os queria como Suas testemunhas no contexto do grande conflito universal, eis as razões.
Perg. 02 – A missão do Israel espiritual é a mesma missão do daquele que foi dada ao Israel nacional que fracassou, e, na verdade, a igreja também fracassou estrondosamente e dramaticamente quando apostatou fragorosamente dos ensinamentos do Evangelho, e, é um fato bem patente que Deus está trabalhando hoje em favor das Nações, com o remanescente da Sua igreja, que, também, não está sendo ou desempenhando a sua missão como deveria está, mas, Deus intervirá neste remanescente, expurgando-o drasticamente e, a missão final será comprida por este mesmo remanescente, expurgado, purificado e santificado. Ver Isa. 10:22;49:6; Rom. 9:27.
Nota da perg. 02 – Á quase dois mil anos a Bíblia já tinha dado todas estas coordenadas, veja Apc. 10:11;14:6;Mt.28:19-20;Rom. 10:14-18;Cl.1:23. Etc.

Parte de segunda feira. Educação.

Perg. 03 – Estes textos demonstram o fato de que o conhecimento de Deus e Sua Palavra escrita e canonizada, é a ciência das ciências ( Prv. 1:7;9:10 )e, que, mesmo sem uma revelação adicional, a Bíblia é auto-suficiente também, na área da educação. Dan. 1:17-20.
Nota da perg. 03 – Se a Bíblia tivesse sido estudada como devia ter sido, as suas coordenadas, também nesta área, teriam suprido todas as deficiências e, hoje, em vez de seis mil escolas, colégios e universidades, já estaríamos na Escola Sabatina e na Universidade da Cidade Eterna.

Parte de terça feira. Saúde.

Perg. 04 – Se a Bíblia tivesse sido estudada e seguida como deveria ter sido , pouca preocupação teríamos com a área da saúde, pois todos teriam saúde e nenhuma enfermidade existiria entre o povo de Deus. Exd. 15:16.
Nota da perg. 04 – Segundo estes textos citados, a Bíblia é a “mãe” de todas as reformas de saúde, e, se ela tivesse sido estudada e seguida com perseverança, em toda a história das reformas de saúde, todos teriam discernimento mais que suficiente para entender, por exemplo, que é ante-natural e ridículo sair por ai baforando como chaminés ambulantes, com cachimbos, cigarros, charutos e, exalando pela boca, narizes e até mesmo pelos olhos, o gás venenoso e umedecido pelos pulmões enegrecidos pelos alcatrões e nicotinas destes elementos malditos; este raciocínio é válido, também,.para toda a espécie de beberagens ( chás, café, e bebidas fermentadas pelas fezes das bactérias que fermentam estes elementos da natureza e, outros parentes chegados ou não destes elementos indesejáveis pelo apetite santificado. Comp. c/ Num. 6:3. Antes mesmo que a ciência descobrisse os perigos do contágio de doenças infecto-contagiosas, a Bíblia, centenas e milhares de anos antes,já tinha reconhecido este problema e dado as devidas coordenadas e orientações para que fosse tomadas as devidas medidas preventivas; mais um ponto e um voto em favor da Bíblia como auto-suficiente em todos os aspectos da vida humana.
Perg. 05 – A Bíblia diz: Examinai tudo retende o que for bom ( ITes. 5:21 ); revestida pelo dom espiritual de profecia e sob atuação da inspiração do Espírito Santo, a serva do Senhor examinou aquilo que era bom associando com a revelação adicional da inspiração.
Última nota da pág. 151 – A proteção da igreja está na lâmpada e luz para os nossos pés da Bíblia Sagrada. Sl. 119:105.

Parte de quarta feira. Publicações.

Perg. 06 – Note que a Bíblia, já naquela época, reconhecia a técnica da didática moderna para aprendizagem, ou seja, o áudio-visual, ela realmente é auto-suficiente para guiar a igreja de Deus.
Perg. 07 – Esta orientação já estava na Bíblia há milhares de anos. Veja Hab. 2:2;Isa. 30:2; bastava que ela tivesse sido estudada com mais afinco e como realmente deveria ter sido estudada a este respeito; isto tudo, sem falarmos das mensagens que Cristo ordenou que fossem escritas para as Suas igrejas. Apc. 1:11,19 e cap. 2:1,8,12,18;3:1,7,14; etc.

Parte de quinta feira. Teologia.

Para que não descentralizemos a Pessoa do Espírito Santo, devemos dizer: O Espírito Santo guiou a igreja e salvou esta igreja do panteísmo de Kellogg, usando como instrumento a Sua mensageira para dar as Suas mensagens. ESTAMOS FALHANDO MUITO NESTE PARTICULAR!

Pág. 152, em pergs. p/ considerações, item 03 – Não devemos receber os escritos de Ellen White como doutrina? Resp.: Se for como norma de conduta e prova de discipulado, Não devemos receber! Se for como auxilio em fazer entender melhor a única e exclusiva norma de conduta e única prova de discipulado, Sim, devemos receber, mas não como doutrina.


Que todas as bênçãos do dom profético embutido na Bíblia Sagrada e revelações adicionais genuínas e verdadeiras, estejam pairando sobre a igreja de Cristo. Amém!

Por Gilson Nery B. Costa. Espírito Santo do Pinhal.

assine o feed

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Créditos

100% Adventista

Site melhor visualizado no Google Chrome ou no Mozilla Firefox,
Desenvolvido por Bruno, membro da IASD Central do Rio de Janeiro.

Autores:

Clayson Albino

Daniel Santos

Editor Geral:

Bruno Vieira

Todos os Direitos Reservados © 2008 - 2013

Área Restrita

Usuário:
@comunidadeadventista.com
Senha:
Não consegue acessar a sua conta?

  © Comunidade Adventista - 2008 - 2013 | Desenvolvido por Bruno Vieira