Comentário da Lição - Lição 1 - Gilson Nery

Lição 01. Terceiro trimestre. 27 / 06 a 04 / 07 / 009
Comentários de Gilson Nery
Esc. Sabatina.

Jesus nas epístolas de João

“Eu, Jesus,” enviei o Meu anjo para vos testificar estas coisas às igrejas..., “Eu Sou,” a Resplandecente “Estrela” da Alva ( da manhã ), ( Apc. 22:16 ); “O que vês, escreve num livro e envia-o às...igrejas...; Escreve, pois, as coisas que tens visto, e as que são, e as que depois destas hão de acontecer.” Verso 19. ( Adaptação de Gilson Nery ).
Como em toda a Escritura do Cânon bíblico, por traz das epístolas ( cartas ) de João, se encontra a Pessoa do Deus Unigênito, o Senhor Jesus Cristo; é, deveras, emocionante, lermos Palavras como estas nas quais o Próprio Salvador do mundo Se apresenta com estas Palavras: “Eu Jesus,” “Eu Sou” a Resplandecente Estrela da Alva ( A Verdadeira ); “Eu Sou” O que Vivo; Fui morto, mas estou Vivo para todo o sempre! E tenho as chaves da morte e do inferno ( sepultura ) Etc. As vezes, ou, quase sempre, ficamos estacionados à sombra da Cruz de Cristo e lamentando com tristezas, nesta sombra, e, damos a entender ao mundo, que não sabemos para onde levaram o nosso Senhor que foi morto e sepultado, ( João 20:13 );é verdade que precisamos passar alguns momentos aos pés da Cruz ( João 12:32;3:14-15 ), mas, nunca estacionar à sua sombra e, sim, à sua Luz, que focaliza o Santuário Celestial onde se encontra Este Personagem que Se apresenta nos textos citados acima, e, que quer, ansiosamente, Se apresentar a cada ser humano deste nosso mundo; Este é o Legítimo Autor das epístolas de João; O que daríamos e o que faríamos nós, para receber uma correspondência escrita do Próprio Senhor Jesus! Quão preciosas não seriam, para nós, estas cartas!? Imaginem com quanta emoção e entusiasmo iríamos ler estas cartas e, com quanta emoção e fervor iríamos anunciá-las a todos! Mas, aí estão estas correspondências; onde está a nossa emoção, o nosso entusiasmo, o nosso fervor? Sabe onde estão? Estão estacionados à sombra da Cruz e da sepultura de Cristo; as nossas lágrimas, as nossas lamúrias e as nossas murmurações se encontram conosco impedindo-nos de vermos o Senhor Ressuscitado; Ele não está mais na Cruz ou na sepultura, Ele está, através do Seu Legítimo e Único Vigário, o Espírito Santo, aqui mesmo bem ao nosso lado dizendo-nos: “Por que choras? A quem procuras.” João 20:15. Que a nossa resposta não seja na base do “levaram o meu Senhor e não sei onde O puseram,” mas sim, na base do: “Eu Sou” O que Vivo, fui morto, mas Estou Vivo.” Que durante todo este trimestre, ao estudarmos as epístolas de João, possamos fazê-lo mentalizando estes fatos e estacionados na Luz que a Cruz de Cristo projeta para dentro do Santuário Celestial onde Jesus entrou por nós como O nosso Precursor. Amém!

Verso para memorizar: “Nós temos visto.” Etc. Existe uma tendência natural em nós, para crermos apenas por vista e, à diminuirmos a nós mesmos por não termos visto, ouvido e apalpado fisicamente a Pessoa do Salvador do mundo; mas, ao passo que aqueles que viram tenham sido bem-Aventurados ( Mt. 13:16 ), existe, também, uma bem-aventurança para os que não viram e creram ( João 20:29 ); e, foi, também, o Próprio Cristo que disse que, precisamos crer para ver e não ver para crer. João 11:11:40; e, a mentalidade apostólica se harmoniza com este pensamento, lemos em II Cor. 5:7;4:18: “Porque andamos por fé e não por vista”; devemos nos lembrar sempre do grande desastre nacional que ocorreu na história do povo judeu quando optaram por andar por vista e não pela fé, escolhendo um rei humano visível ( Saul ), como tinham todas as Nações ( I Sam. 8:4-7 ), e não crendo no Invisível que os tinha guiado e suprido as suas necessidades até aquele momento através de todas as suas jornadas, e, não foi isso mesmo que ocorreu, também, com o povo de Deus o cristianismo do segundo e terceiro século, quando escolheram, um representante visível da Pessoa do Espírito Santo, o Verdadeiro e Único Vigário Invisível da Pessoa do nosso Legítimo Rei e Sacerdote Jesus Cristo? E, não ocorreu o mesmo no que diz respeito a Pedra fundamental da igreja, quando criaram a doutrina da Pedra fundamental invisível da igreja, Jesus Cristo, e, da pedra visível e fundamental da igreja, Pedro o apóstolo? E, história está aí para mostrar o desastroso e catastrófico resultado desta funesta escolha! A igreja verdadeira, portanto, não anda por vista, mas por fé, crendo no Invisível. Heb. 11:27. Al. Rev. Antg. Nós teremos uma eternidade pela frente para vivermos por vista.! Amém!

Parte de domingo. Autor e destinatário.

Uma palavra da inspiração sobre João o discípulo do amor: “A vida de João foi uma vida de fervorosos esforços para conformar-se com a vontade de Deus; João era um professor de santidade prática.” Santit. 87:3 e parág. 2.
Perg. 01 – Ver introdução deste comentário. Se bem que seja importante saber quem são os autores dos Escritos Sagrados, para nós que os recebemos pela fé que estes foram dados por inspiração divina, não faz muita diferença esta identificação; as evidências favorecem que a autoria seja do apóstolo amor, o discípulo João.

Parte de segunda feira. O conteúdo da epístola.

O conteúdo, eis o essencial das epístolas, o resto são apenas detalhes de segunda importância; nós recebemos este conteúdo como sendo de origem divina, e, em segundo plano, aquilo que estiver disponível sobre a história e demais evidências.
Perg. 02:

1 – Os que conhecem a verdade; a graça, misericórdia, paz e o amor.
2- Alegria pelos que andam na verdade.
3 – O amor fraterno; andar segundo os mandamentos. Etc.
4 – Advertências sobre os enganadores, anticristos; olhar por nós mesmos; não receber em casa nem os saudeis, naturalmente, se esta saudação e este acolhimento signifique compromisso com as suas más obras.
5 – Muitos seriam levados e enganados por estes ensinadores de falsas doutrinas; note: não seriam poucos, mas muitos.

Parte de terça feira. O propósito das epístolas.

Este propósito é equivalente ao mesmo propósito para o qual foi escrito o seu Evangelho. Ver. João 20:30-31.
Perg. 03:
1 – Alegria completa. Esta alegria nem sempre é equivalente a barulho, gritos e êxtases desconexos, mas sempre significa paz interior, aquela paz que o mundo não pode dar mas que somente Cristo pode nos conceder.
2 – A sensação e a certeza do perdão de todos os nossos pecados, é o poderoso elemento de força para a vitória sobre o inimigo e, esta vitória pode ser mantida quando a Palavra de Deus permanece dentro de nós. Veja Sl. 119:11. Estes foram os motivos e o propósito pelos quais João escreveu as suas epístolas.

Parte de quarta feira. Jesus nas epístolas de João.

Perg. 04:
1 - = João 1:1,14.
2 – Vimos e ouvimos; Filho de Deus. Etc.
3 – O Advogado de causas perdidas, O Único.
4 – O Cristo = Messias = Ungido.
5 – O Salvador do mundo, o meu Salvador.

Quem é Ele? Ele é o Verbo Eterno, o Deus Unigênito que Se fez carne integralmente permanecendo ao mesmo tempo, Deus Todo Poderoso integralmente, morreu e ressuscitou e está vivo e oficiando como nosso Advogado, nosso Messias e Messias das profecias, o nosso Ungido e Salvador nosso.
Note o seguinte: O Jesus das epístolas e do Evangelho de João, não é o Mesmo Jesus apresentado por muitos dos cristãos da nossa época e pós época de João; O Jesus dos ensinos de João é Aquele que desde o princípio é Deus (João 1:1), o Verdadeiro Deus ( I João 5:20 ), Senhor nosso e Deus nosso ( João 20:28 ) e, o Grande “Eu Sou” das Escrituras Sagradas, ( João 8:58 ) e, que, Ele é Aquele que se não crermos Nele como Tal, ou seja, o Grande “Eu Sou,” morreremos em nossos pecados. Veja com muita atenção, João 8:24. Este é o Jesus das epístolas de João e de toda a Escritura, e, ou aceitamos Ele como Tal, ou estaremos perdidos em nossos pecados, segundo as Suas próprias Palavras, as Palavras de Jesus.

Parte de quinta feira. O ministério de Jesus nas epístolas de João.

Perg. 05 – 1 – Se andarmos na Luz; Esta luz é Jesus Cristo e, o andarmos Nesta luz, é equivalente a vivermos em Cristo a Luz do mundo e o viver em Cristo é permitir que Ele viva em nós, não por nós, mas em nós e, quando Ele vive em nós, o Seu sangue nos purifica de todo o pecado.
Purgatório bíblico: Quando nos perguntarem se existe um purgatório, devemos responder que sim, existe, não um purgatório mas sim o purgatório, ou seja, o sangue de Jesus Cristo que nos “purga” de todo o pecado; este purgatório bíblico não é constituído de fogo, mas sim do sangue de Cristo. Note o seguinte: O sangue de Cristo não nos purifica de “QUASE’ todo pecado, mas sim de “TODO” pecado. Amém!
Um pensamento de vital importância: Na Cruz, Jesus fez, no Santuário Celestial, Cristo está fazendo.
2 – Em Sua Cruz, Cristo lançou as bases para que o pecado seja erradicado do Universo; no Santuário Celestial, Ele está destruindo e processando a eliminação do pecado, obra esta que culminará com a obra final de purificação de todo o vestígio do pecado após o juízo milenar quando os Céus e a terra serão purificados pelo fogo que desce do Céu.
3 – Preste bem atenção a esta pergunta: Deus deu a Sua vida, morrendo pelo homem, ou Ele quase deu a Sua vida? Houve morte real ou houve desencarnação do Verbo?
4 – Não peca, ou seja, não vive pecando, ou ainda, não premedita, não planeja, não tem prazer no pecado, não tem intenção de ficar prostrado no pecado, vive em luta contra o pecado. Etc.

Pág. 09, em perguntas para considerações, item 01. Desafios teológicos de hoje: Que o Deus Unigênito veio para morrer pelo homem e apenas desencarnou não morrendo de fato, é um destes desafios e, talvez o ensinamento mais pernicioso do que os que estavam penetrando na igreja na época de João.
Pág. 11, primeiro parág. Áreas cinzentas ? Só existe uma área cinzenta em se tratando dos caminhos de Deus, e esta é a que se refere a Sua misericórdia que Ele associou a Sua justiça em Seu plano de salvação e, esta cor cinza se tornou vermelha quando Ele derramou o Seu sangue para nos tornar brancos como a neve.
Pág. 12 – Sobre a base da certeza de nossa fé, sem sermos testemunhas oculares dos fatos, história e vida do Salvador do mundo. Ver introdução deste comentário.


Que o nosso Jesus Cristo seja o Mesmo Jesus das epístolas de João e de toda a Escritura Sagrada. Amém!

Por Gilson Nery B. Costa. Espírito Santo do Pinhal
E-mailgilnery@uol.com.br Tel(19)3651-1987
Estado de S. Paulo.Brasil
Classe Universitários
www.oestadio.com/escola.shtml

assine o feed

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Créditos

100% Adventista

Site melhor visualizado no Google Chrome ou no Mozilla Firefox,
Desenvolvido por Bruno, membro da IASD Central do Rio de Janeiro.

Autores:

Clayson Albino

Daniel Santos

Editor Geral:

Bruno Vieira

Todos os Direitos Reservados © 2008 - 2013

Área Restrita

Usuário:
@comunidadeadventista.com
Senha:
Não consegue acessar a sua conta?

  © Comunidade Adventista - 2008 - 2013 | Desenvolvido por Bruno Vieira