Comentário da Lição - Gilson Nery - Lição 09

Lição 09. Terceiro trimestre. 22 a 29 / 08 / 009
Comentários de Gilson Nery
Esc. Sabatina.

Crendo no Filho de Deus

“Em verdade, em verdade vos digo: Quem ouve a Minha Palavra e crê Naquele que Me enviou, tem a vida eterna, não entra em juízo, mas passou da morte para a vida.” ( João 5:24. Al. At. ), “e” “credes,”..., também em Mim.” ( João 14:1, “e”...serás salvo, tu e a tua casa.” ( At. 16:31 ). Adaptação de Gilson Nery.
Note esta declaração vital de vida eterna: “Aquele que ouve a Minha Palavra e crê, tem a vida eterna e, não entrará em juízo; isso significa que não seremos julgados por já termos crido em Jesus? Neste juízo investigativo, agora em andamento, no Santuário Celestial, iniciado em 1844, no término dos 2300 anos da profecia de Dan. 8:14, todos os crentes em Cristo que pertenceram ou pertencem, a igreja de Cristo agora ou através de toda a história, desde Adão, serão julgados neste juízo ( II Cor. 5:10 ); por que, então, Cristo afirma que os crentes não entrarão em juízo? A resposta está em Rom. 8:1 que diz: “Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito.” Os crentes em Cristo, portanto, entram sim em juízo, mas, em juízo de absolvição e,não de condenação. Ver João 5:24, na trad. Al. Atualizada. O Universo todo precisa saber porque estes crentes, apesar de seus erros, pecados e fraquezas, são absolvidos neste julgamento final, é neste aspecto que será necessário que sejamos julgados, julgados, mas não condenados. Somente os que não permaneceram em Cristo Jesus, terão que passar pelo juízo de condenação, e, o Universo, também precisa saber porque estes foram absolvidos e não aqueles. Crer em Jesus como “O” Filho de Deus, inclui aceitá-Lo como Substituto, Penhor e Soberano absoluto em nossa vida, não basta aceitá-Lo em nosso coração, é preciso permitir que Ele ocupe o trono do nosso coração, para podermos está em situação de nenhuma condenação; andar segundo o Espírito para que quando citados no Tribunal divino, possamos comparecer ali, acompanhados do nosso Advogado pelo Qual seremos julgados com juízo de absolvição. Esta situação de absolvidos precisa existir em cada um de nós agora, neste exato momento; para que possamos vencer o mundo e para que estejamos nesta situação de absolvidos, basta crermos em Jesus como “O” Filho de Deus; note: Crer para vencer, não vencer para crer. Todo o problema do crente em Cristo, tem sido o fato de que receberam a Cristo em seu coração , mas não permitiram ainda que Ele ocupe o trono deste coração. Oremos fervorosamente para que Ele seja entronizado urgentemente em nossos corações para que possamos andar segundo o Espírito sem nenhuma condenação. Amém!

Verso para memorizar: Note, “O”, e não “Um” Filho.” Cristo, O Deus Unigênito e Pai da Eternidade, é o Único Filho de Deus, a partir do plano da redenção elaborado desde os dias da eternidade ( Miq. 5:2 ); se crermos Nele apenas como “Um” Filho de Deus, O nivelamos como todos os demais filhos de Deus, como fazem os judeus, os muçulmanos, e outras religiões não cristãs e, até mesmo muitos cristãos dentre todas as religiões, mesmo na igreja remanescente. Esta problemática se iniciou nos Céus, nas Coortes Celestiais, foi transferida para a terra e,.na época de João, florescia na igreja e, esta era a razão das epístolas de João denunciando estes anticristos e seus ensinos perniciosos; É um dever dos atalaias de Sião dar continuidade a obra de João em apresentar a verdadeira identidade do Deus Unigênito das profecias bíblicas revelado na Pessoa de Jesus Cristo da história do Novo Testamento, Senhor nosso e Deus nosso! João 20:28.

Parte de domingo. Fé em Jesus e vitória. ( I João 5:1-5 ).

Nascemos de novo para crer que Jesus é o Cristo, O Filho de Deus Vivo, ou cremos que Cristo é o Filho do Deus Vivo para nascer de novo? Nada, absolutamente nada, podemos fazer para nascermos biologicamente falando, mas, em se tratando do novo nascimento, Deus nos capacitou com o dom do livre arbítrio para interrompermos , se quisermos, a obra do Espírito santo operando em nós a gestação espiritual que nos leva ao novo nascimento, assim é que, cremos em Jesus como O Filho de Deus Vivo e como sendo Ele, o Cristo das profecias bíblicas, para nascermos de novo e sermos nascidos de Deus e, esta crença e fé, são, também, dons divinos, mas a determinação para aceitarmos estes dons é nossa e, por sua vez, esta capacidade, também é dom de Deus, note: “dom,” não imposição arbitraria. João 15:5: II Cor. 3:5.
Nota da pág. 108, terceiro parág. É preciso notar, no entanto, que a batalha que tem sido travada contra os cristãos, tem sido, também, pela força, violência, militar, política e literal, negar isto, significa negar toda a história do cristianismo.
Perg. 01.

1 – João 16:33 – Aflições no mundo e vitórias em Cristo.
2 – I João 4:4 – Infinitamente Maior é O que está conosco.
3 – Apc. 2:7,11; 3:5,21 – Note os fatores de vitórias: A voz de Cristo falando a alma; se alguém ouvir a Minha voz, etc.
4 – Apc. 12:11 – Vencer; vitória pelo sangue do Cordeiro, pela Palavra de Deus, a palavra do Seu Testemunho, que é o Espírito de Profecia existente em todo o Cânon bíblico e, também, pelo testemunho pessoal dos fiéis cristãos, assim como pelo Testemunho do Espírito de Profecia das mensagens adicionais inspiradas pelo Espírito Santo à Sua igreja, nos últimos dias.
Nota da perg. 01, em, “como vencedores recebemos promessas maravilhosas de Deus de que não precisamos ser escravos do pecado...;” É preciso observar, no entanto, que estas maravilhosas promessas abrangem, também, os escravos do pecado para que sejam vencedores. Não esquecer este ponto vital das promessas divinas. II Pd. 1:4.

Promessas maravilhosas : Comer da árvore da vida; Hoje podemos fazer isso, nos alimentando da carne e do sangue do Filho de Deus. João 6:50-55. Cristo é a nossa Árvore da Vida a Qual todos, quer salvos, santos ou pecadores da pior espécie podem ter acesso. Apc. 2:7.
Livramento da segunda morte; Esta promessa pertence, também, ao presente, todos os crentes em Cristo já passaram da morte eterna para a vida eterna, as suas mortes no presente são apenas curtos cochilos de descansos de suas jornadas. Apc. 2:11; João 5:24; últ. P.
Vestimentas brancas. Apc. 3:5 – Esta promessa tem, também, uma aplicação para o presente, e, isso é de vital importância; ninguém conseguirá ser um vencedor se primeiro não for vestido da justiça de Cristo.
Assentar-se com Cristo em Seu Trono – Primeiro a Cruz a seguir a coroa, mas, pela fé e espiritualmente falando, nós podemos hoje, adentrar a Sala do Trono de Deus e acompanhar o nosso Sumo Sacerdote no Seu Trono, no Santuário Celestial. Ver Zac. 6:12-13 e Heb. 10:19-21. Note: Assentar-se no Trono de Cristo não significa literalmente, ocupar o Trono, mas ter o privilégio de participar do governo de Cristo agora, em Sua obra evangelística, e, no futuro, no Seu julgamento milenar dos ímpios. Ver Apc. 20:4,6; I Cor. 6:2-3.
Parte de segunda feira. O Jesus em Quem cremos. ( João 5:6-8 ).

Por meio de sangue e água. Se associarmos I João 5:6 com o cap. 4:2-3 e mais, João 1:14, a definição de I João 5:6 = Veio por sangue e água, tem que ser referente ao processo encarnação do Verbo, ou seja, Jesus Cristo; ver também, II João 7. A questão apresentada e combatida por João em suas epístolas era a respeito da natureza de Cristo, de ter Ele vindo ou não em carne e, não de ter Ele sido batizado ou não! É evidente que João está focalizando o fato de que o Verbo Se fez carne passando pelo mesmo processo de gestação de todos os seres humanos, exceto o processo sexual que foi substituído pelo processo divino do Espírito Santo; Mt. 1:20;Heb.10:5;Lc. 1:34-35, fora este fator divino, Ele teria que participar igualmente das mesmas coisas que os irmãos humanos. Ver Heb. 2:14;Al.At. e Matos Soares, e, estas mesmas coisas ou processos são:
Ser gerado no ventre de uma mulher.
Nascer como nascem as demais crianças, de uma mulher. Gl. 4:4;Al.At.
Passar pelo processo de parto como os demais recém-nascidos. Lc. 2:7.

Como todos sabem, na gestação o feto se acha flutuando em um líquido que recebe o nome de “amniótico”; e, a parte das membranas que envolvem o feto que se põe a vista ao dilatar-se o colo uterino, recebe o nome de bolsa das águas, ao romper-se a bolsa das águas, sai certa quantidade de líquido amniótico, no qual o feto flutua durante a gravidez. Estes foram os processos pelos quais a Divindade passou para adquirir em Si Mesma, a nossa natureza humana, e, é a este processo que João se refere ao afirmar que Jesus Cristo veio por água e sangue, fato este que estava sendo negado pelos falsos mestres daquela época. A gravidez pela qual Cristo passou, incluiu água e sangue literalmente falando, assim é que, literalmente falando, Ele veio por água e sangue, como acontece com todo ser humano. A aplicação da palavra água para o batismo de Cristo, parece inapropriada e fora de contexto.

Parte de terça feira. Jesus e o Testemunho de Deus. ( I João 5:9 e 10 ).

Perg. 02 – A divindade de Jesus tem o testemunho do Pai Celestial nas Palavras: Este é o Meu Filho Amado em Quem Me comprazo; o testemunho do Espírito Santo e, o testemunho ocular dos apóstolos que viram a Sua Glória por ocasião da transfiguração, mas, todas estas evidências a incredulidade pode negar, mas, o testemunho das profecias dos profetas Messiânicas em seu conjunto e detalhes, não é possível ser negado; é sobre este aspecto que Pedro está discorrendo em II Pd. 1:16-18.

Parte de quarta feira. A questão da Trindade. ( I João 5:7,8 ).

Note o seguinte: A palavra “Deus,” segundo a Bíblia Sagrada, se aplica a uma Unidade Composta e não a uma Unidade solitária. Comp.c/ Dt. 6:4 = Gen. 2:24.
Negar que exista mais de um Soberano Celestial governando este Universo, é uma tolice teológica muito gritante e, ao mesmo tempo, uma negação frontal das evidências bíblicas; estas evidências se apresentam a partir do Gênesis ( Gen. 1:2,26;3:22; e, se estende através dos escritos sagrados. Ver. Isa. 9:6;Miq.5:2;Zac. 6:12-13;Sl.110:1;Isa. 6:8;63:10;Lc. 1:35;Mt. 28:19;Heb.1:8; etc.
Perg. 03 – Ele ensina que:
Jesus Cristo era e é Deus. João 1:1 e verso 18.
Que Ele é o Grande “Eu Sou” revelado nas Escrituras Sagradas. João . João 8:58-59.
Que Cristo é Um com o Pai Celestial a partir de um contexto diferente daquilo que nós podemos ser um com Deus ou um com os nossos irmãos. Ele é Um com o Pai Celestial a partir de um contexto divino e da Divindade.
Que Cristo com o Seu silêncio diante do testemunho de Tomé afirmando que Ele é Senhor e Deus, estabeleceu esta verdade eterna perante a Sua igreja e perante todo o Universo. João 20:28.
Que negar o Filho é igual a negar o Pai Celestial, isto é, negar Ele como sendo o que Ele Próprio diz de Si Mesmo Etc. I João 2:23.
Que Cristo é o Verdadeiro Deus e Vida Eterna, ou seja, O Grande Deus e Salvador. Veja Tito 2:13.

Parte de quinta feira. O resultado de crer em Jesus.

Perg. 04:

1 – João 3:16 – Deus não emprestou Seu Filho para a humanidade por algum tempo ou séculos, mas para toda a eternidade porque Ele será humano para toda a eternidade.
2 – João 3:36 – Crer = Possuir a vida eterna.
3 – João 5:24 – Os crentes não entrarão em juízo de condenação.
4 – Se alimentar de Cristo significa se nutrir para a eternidade.

Perg. 05 – A ausência da Pessoa de Cristo na vida de uma pessoa significa morte eterna; a presença de Jesus Cristo na vida de uma pessoa significa vida eterna; precisamos nos conscientizar que nós crentes em Cristo já possuímos a vida eterna, embora ainda corramos o risco de perdê-la, no caso de apostasia permanente.

Que possamos crer a respeito de Jesus e crermos em Jesus para que possamos possuir desde agora, a vida eterna. Amém!

Por Gilson Nery B. Costa. Espírito Santo do Pinhal.
E-mail gilnery@uol.com.br Tel.19-3651-1987.
Estado de S. Paulo.Brasil.

Classe Universitários
www.oestadio.com/escola.shtml

assine o feed

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Créditos

100% Adventista

Site melhor visualizado no Google Chrome ou no Mozilla Firefox,
Desenvolvido por Bruno, membro da IASD Central do Rio de Janeiro.

Autores:

Clayson Albino

Daniel Santos

Editor Geral:

Bruno Vieira

Todos os Direitos Reservados © 2008 - 2013

Área Restrita

Usuário:
@comunidadeadventista.com
Senha:
Não consegue acessar a sua conta?

  © Comunidade Adventista - 2008 - 2013 | Desenvolvido por Bruno Vieira